Chatbots na saúde: descubra 4 funções que podem exercer

Chatbots na saúde: descubra 4 funções que podem exercer

Os chatbots na saúde estão cada vez mais sendo usado para agilizar processos e ganhar tempo em diversas situações. Em uma área a qual o tempo pode ser fator decisivo, os bots se tornam essenciais.

Uma coisa é certa: quando precisamos de atendimento médico ou queremos sanar alguma dúvida sobre o que estamos sentindo, o tempo faz diferença. E é por isso que os chatbots para a saúde estão tornando-se relevância dentro da área.

Decerto, os assistentes virtuais estão auxiliando médicos e pacientes em diversas frentes. Isso porque eles são especialistas em realizar atividades repetitivas em um curto espaço de tempo.

Desta forma, é possível automatizar desde um simples agendamento até a sinalização de um problema urgente. Consequentemente, os profissionais da área ganham tempo com atividades que mais complexas e que exigem atenção.

Graças às aplicações surpreendentes dos chatbots, a empresa de pesquisa Grand View Research estima que o mercado global chegará a US$ 1,23 bilhão até 2025.

A fim de esclarecer a revolução dos chatbots na saúde, neste texto falaremos:

  • O que são chatbots
  • Quais principais funções dos chatbots na saúde
  • Vantagens do uso de chatbots na área da saúde

O que são chatbots?

Os chatbots, ou assistentes virtuais, são softwares que simulam diálogos humanos e são capazes de conversar com usuários em diversos canais.

Isso vale para o chat online hospedado no seu site e também para apps populares como WhatsApp, Messenger e Telegram, por exemplo.

Por conta da agilidade e da disponibilidade 24/7, os chatbots ganharam popularidade nos últimos anos. 

Por isso, eles têm sido usados em empresas dos mais variados segmentos para atendimento ao cliente, vendas de produtos, agendamento de reuniões, entre outros.

Para entender melhor, acesse o conteúdo: O que é chatbot? Entenda de vez o conceito e como funciona