Google Analytics 4: o que muda com o novo GA4?

Google Analytics 4: o que muda com o novo GA4?

As análises de dados são cada vez mais importantes para as empresas já que, assim, é possível conhecer os interesses dos clientes e organizar melhor suas ações. Dessa forma, com a chegada do Google Analytics 4, a tendência é que isso fique ainda mais aprimorado. Conheça mais sobre o GA4 e todas as mudanças que ele trará para os usuários.

O que é o Google Analytics 4?

Primeiramente, precisamos explicar que Google Analytics 4, também conhecido como GA4, é a mais recente versão do Google Analytics. Muitas empresas utilizam a ferramenta para fazer a análise de dados dos usuários, o que ajuda a entender melhor os interesses e comportamentos das pessoas.

Ademais, o Google Analytics 4 foi lançado em outubro de 2020 e representa uma atualização significativa em relação à versão anterior, chamada de GA Universal ou Universal Analytics. Essa nova versão foi desenvolvida com foco em mudanças no comportamento do usuário, privacidade e análise avançada.

E o que muda do Google Analytics 4 para o Google Analytics Universal?

Assim, é importante ressaltar que existem várias mudanças importantes no Google Analytics 4 em comparação ao GA Universal. Uma das principais está na estrutura dos dados coletados. Enquanto o GA Universal se baseava principalmente em cookies de terceiros para rastrear usuários individuais, o GA4 utiliza uma abordagem mais centrada em eventos, o que permite uma visão mais abrangente do comportamento do usuário em diferentes dispositivos e canais.

Além disso, o GA4 oferece recursos avançados de análise, como aprendizado de máquina e inteligência artificial, que permitem identificar padrões e tendências ocultas nos dados. Ele também inclui métricas exclusivas, que fornecem uma visão mais abrangente do engajamento do usuário em seu site ou aplicativo.

Outra mudança significativa é a ênfase no acompanhamento de eventos em vez de páginas vistas. Isso significa que o GA4 permite rastrear ações específicas dos usuários, como cliques em botões, visualizações de vídeos e preenchimento de formulários, fornecendo uma compreensão mais detalhada do envolvimento do usuário com o conteúdo.

Por que e até quando migrar para o GA4?

Recomenda-se a migração para o Google Analytics 4 porque essa nova versão oferece recursos mais avançados e uma visão mais abrangente dos dados dos usuários. Além disso, o GA Universal terá suporte por um tempo limitado, e migrar para o GA 4 garantirá que sua empresa esteja atualizada com as mais recentes funcionalidades e insights oferecidos pela plataforma.

Embora não haja um prazo para a migração, a partir de julho de 2023, o Universal não vai mais rodar. Por isso, é recomendável que você comece a explorar o GA 4 logo, principalmente para aproveitar as funcionalidades que ele oferece.

Quais as métricas exclusivas do GA4?

Além das novas formas de fazer a análise, o GA4 vai trazer métricas exclusivas dessa ferramenta e que vão gerar ótimos insights para o seu negócio. Confira quais são:

  • Sessões engajadas: ocorre quando o usuário fica com o seu site ou aplicativo aberto por mais 10 segundos em primeiro plano. Se ele sair antes, será considerada uma rejeição;
  • Tempo médio de engajamento: marca o tempo em que o app ou site ficou em primeiro plano;
  • Taxa de engajamento: ela mede a porcentagem de sessões que interagiram, no caso, são aquelas que ficaram mais do que 10 segundos com o site ou app aberto em primeiro plano;
  • Sessão engajada por usuário: calcula a média de sessões de usuários únicos que engajaram com o seu site ou aplicativo.

Como configurar o Google Analytics 4?

É importante se atentar a um ponto antes de fazer a configuração, que é identificar se a sua propriedade será afetada. Se você criou antes de 14 de outubro de 2020, provavelmente está usando o Universal Analytics e vai ter que mudar de plataforma. Se fez depois, não será preciso fazer nada.

Para facilitar o processo, o Google criou um assistente de configuração. Veja o passo a passo.

  • Acesse analytics.google.com e faça login na sua conta do Google Analytics;
  • No menu, vá em Administrador e depois  acesse a seção Propriedade;
  • Agora, clique em “Assistente de configuração do GA4″;
  • Em seguida, selecione “Criar uma nova propriedade do Google Analytics 4”;
  • Para terminar a configuração, basta seguir as orientações fornecidas pelo assistente.

Com esses ajustes, você associou a nova propriedade do GA4 a sua propriedade do Universal Analytics. As duas continuarão coletando os dados de forma simultânea até o fim do UA.

Em resumo, o Google Analytics 4 surge como uma ferramenta ainda mais robusta e com diversas funcionalidades interessantes para que você consiga entender mais sobre os clientes. Agora, chegou a hora de usá-la para começar a aproveitar todos os recursos no seu dia a dia.

Start Today!

Digitize your customer service and make communication with your customers. Schedule a demonstration and get to know our product.

MKtzap Logo