O que você já pode fazer agora para vender mais na Black Friday

O que você já pode fazer agora para vender mais na Black Friday

Não é preciso esperar: mesmo antes do fim de semana mais aguardado pelos consumidores, você já pode tomar decisões que farão diferença na sua Black Friday.

A poucos dias da Black Friday, muitos lojistas virtuais já estão com a calculadora nas mãos para estimar o quanto vão faturar na maior liquidação do comércio online. Mas você não precisa esperar a chegada do fim de semana mais aguardado pelos consumidores para tomar decisões que farão diferença nas vendas da data.

Fique ligado: a maior parte dos itens aos quais todo vendedor deve ficar atento pode e deve estar no radar bem antes das promoções. Se a data pode multiplicar por até cinco vezes as vendas das lojas virtuais brasileiras de pequeno porte, conforme um levantamento da Olist, isto só se torna realidade depois de um bom planejamento.

Confira abaixo um checklist com elementos importantes que já devem estar no pronto antes mesmo da Black Friday. E caso algum item tenha sido deixado de lado, é bom correr: deixar a preparação para a última hora, para muitos, pode significar a perda da melhor oportunidade do ano para o seu e-commerce faturar bem em poucos dias.

Reserve (mesmo) suas melhores ofertas

Esteja certo de que você realmente está guardando o seu preço mais competitivo para a Black Friday. Respeitar as regras do jogo não só favorece a transparência junto ao consumidor como ainda evita saia-justa com canais de marketplace e o próprio Procon – ambos têm conferido bem de perto o histórico de preços 60 dias antes das promoções.

Quem não cumprir a norma corre o risco de deixar de ganhar o selo especial dos marketplaces para a data. E pior: pode acabar punido por órgãos de fiscalização.

Definacomo fazer o produto chegar ao comprador – e no prazo

Essa dica vale especialmente para quem vai encarar as vendas da Black Friday pela primeira vez – ou ainda está ganhando experiência com isso. O volume de pedidos será maior nessa data, certo? Então esteja preparado para despachar mais produtos.

Uma boa ideia é ampliar o estoque dos itens que têm maior saída e, de quebra, já deixá-los embalados. Assim, quando chegar o fim de semana especial de compras, é vender e despachar – afastando o risco de atraso na entrega.

Além disso, não se esqueça do frete. É muito importante contar com o apoio de uma boa empresa que faça os produtos chegarem aos seus consumidores dentro do prazo.

Black Friday, Weekor Month?

Quantos dias vão durar a sua Black Friday? Quanto espera faturar? Tenha claro se a sua meta de vendas ‘cabe’ no período que você definiu para oferecer descontos especiais. Você sabia que 16% das vendas totais ocorre nos quatro dias que antecedem a sexta-feira? E que outros 5% delas são fechadas depois dessa data, ficando concentradas no sábado, domingo e, principalmente, na chamada ‘Cyber Monday’?

Vender depois da sexta-feira ainda costuma garantir um ticket médio 20% superior dentro do que alguns chamam de Black Week. Esses dados são do estudo Temporada Black Friday, do Google – e comprovam que alongar as promoções está longe de ser uma má ideia. Há lojistas que promovem até mesmo o Black Month, esticando a duração dos descontos para todo o mês de novembro.

Sobrando estoque? É hora de queimar

Não deixe de avaliar se vale a pena incluir aqueles itens acumulados em grande volume no sortimento que será oferecido com preços especiais.

Produtos encalhados não só ajudam a compor e a diversificar o que seu e-commerce oferecerá com descontos na Black Friday. Eles também fazem o estoque girar – o que, mesmo depois das promoções, abre espaço para incluir produtos mais novos e atrativos no portfólio.

Sim, o fim de semana de compras pode ser o melhor momento do ano para liquidar o que está parado. Mas é bom ter cuidado: os consumidores sempre esperam encontrar uma boa variedade de ofertas promocionais. Por isso é importante que novos produtos também façam parte do sortimento da Black Friday.

Saibacomo dialogar – e de quais formas

Por fim, um dos itens mais importantes em tempos de SAC 2.0: esteja pronto para se manter em contato com o consumidor em todas as etapas de sua jornada. Além de lidar com a maior recorrência de dúvidas e até reclamações durante a Black Friday, todo lojista online deve colocar a experiência do cliente no topo da lista de prioridades.

O caminho para isto já está traçado: tenha uma estrutura de atendimento capaz de conversar com o cliente da forma que e quando ele desejar.

Chatbots dotados de inteligência de dados e prontos para dialogar por meio de diversos canais, entre eles site, WhatsApp e Messenger, garantem uma interação humanizada e de alto nível para qualquer pessoa durante a Black Friday. Uma experiência marcante que fará muitas delas retornarem à sua loja virtual, mesmo fora dos períodos promocionais.

Gostou das nossas dicas? Somos a solução digital que pode melhor te atender. Entre em contato e conheça nossos serviços.

Start Today!

Digitize your customer service and make communication with your customers. Schedule a demonstration and get to know our product.

MKtzap Logo